O futuro das viagens com a pandemia de coronavírus

A longo prazo, como a pandemia pode mudar o mundo das viagens?

Higiene vai ser algo de alta prioridade e muitas pequenas lojas de família que faziam parte do destino podem desaparecer.

Muitos estados americanos tiveram a quarentena estendida até final de maio/ meados de junho e apesar de alguns países da União Européia já começarem a pensar em flexibilizar/ finalizar o período de confinamento, não se sabe ainda quando estarão abertos para o turismo e nem se os viajantes estarão interessados em visitá-los.

Em resposta a uma pesquisa, a maioria dos americanos disseram que devem voltar a voar entre 4 e 6 meses, mas embarcar num cruzeiro somente depois de um ano ou mais. 

Rick Steves, que tem um canal de viagens no YT, cancelou todas as turnês até maio e já está prestes a remarcar mais viagens programadas para o segundo semestre. Ele acredita que quando as restrições do corona diminuírem, o que deve voltar primeiro são as viagens regionais, aquelas para lugares próximos, viajando de carro em média 3 horas. O que ninguém quer fazer é VOAR para algum lugar e se encontrar em uma situação que ficará em quarentena porque nada voltou ao normal ainda por lá.

É dele também o medo de que pequenas lojas, restaurantes e estabelecimentos de família nunca mais reabram. E eu concordo com ele que esses lugares pequenos são uma das coisas mais gratificantes de uma viagem

Mesmo que tenhamos um progresso contra a pandemia até julho, como alguns prevêem, ainda vamos ver muita gente relutante a viajar de avião. Então, talvez, tenhamos mais viagens internas pelo mundo, inclusive  aqui no Brasil. 

Nos Estados Unidos existe uma cultura muito forte de trailers e motorhomes, vai que depois da pandemia a moda pega aqui no Brasil? 

De qualquer forma, alguns especialistas do turismo americano estão prevendo algumas mudanças permanentes entre os viajantes. Uma: a exigência por hotéis extremamente limpos deve aumentar. Dois: os viajantes ficarão muito mais atentos ao quão próximos vão ficar de outras pessoas. 

As viagens devem ser retomadas de forma gradual e alguns tipos de eventos como casamentos, reuniões de família e viagens de retiro podem ser o início de tudo, já que é um tipo de promessa de momentos de alegria e conexão com pessoas que você tem um carinho especial.

Um outro ponto é que talvez as pessoas prefiram viajar para visitar a família, ou então hotéis menores, ou alugar apartamentos estilo AIRBNB, para ficarem sozinhas, cozinharem… e aí depois devem vir viagens de lazer em meio a natureza, conferências internacionais, viagens internacionais de lazer, férias em cruzeiro… e por aí vai!

Quem costuma viajar reconhece que a quantidade de chineses é extremamente alta em qualquer um dos principais destinos do mundo e eles não viajam desde antes do Ano Novo Chinês, ou seja, antes de qualquer um voltar às viagens internacionais, os chineses devem fazer isso. 

Às vezes é preciso uma crise para as pessoas reconhecerem que querem mudar de rumo. Tem gente na Tailandia percebendo que durante a quarentena tem menos lixo e mais vida selvagem. TAlvez um período para reposição de todas as belezas naturais que existem por lá.

Outra mudança que pode ser retomada com mais frequencia nas viagens seja a carteira de imunização. A partir do momento que seja encontrada uma vacina para o coronavírus isso pode ser tornar uma exigência para os viajantes. 

Este é o ano do carro?

Se as pessoas vão voltar a viajar fazendo viagens mais curtas e próximas de casa, será que vai ser o ano do carro? Porque pelo que a gente viu é que os planos de uma viagem ao exterior ou um cruzeiro talvez sejam reprogramados e então os destinos mais próximos sejam a bola da vez e claro, de carro. 

Mas temos que considerar que as companhias aéreas vão tentar atrair os viajantes baixando as tarifas das passagens.

Mark Anderson, especializado em viagens a Paris, acredita que as viagens pela Europa podem se recuperar antes de 2021. Depois da crise do 11 de setembro, em 2001, ele ofereceu viagens a Paris dos EUA por 399 dólares com passagem, hotel e café da manhã e vendeu super bem por meses. Ele disse que constatou que as necessidades humanas junto com comida, moradia e outras necessidades essenciais está a de viajar.

O melhor conteúdo de viagem do YouTube

Quero te convidar a conhecer meu canal de viagem no YouTube.

Compartilho minhas experiências de viagem para ajudar você a se planejar muito melhor para suas futuras viagens. É a forma que encontrei para levar inspiração e motivação para as pessoas que, assim como eu, amam explorar novos lugares.

Os vídeos são dinâmico, divertidos e repletos de dicas sobre passagens aéreas, onde se hospedar, onde comer, o que fazer e visitar, curiosidades, história e muitas dicas exclusivas.

Vem viajar comigo!

Inscreva-se no meu canal no YouTube Emilim Schmitz.

Inscreva-se no meu Instagram Emilim Schmitz.

Vamos viajar muito juntos ainda!

Um super beijo e até mais!

Roteiro de um dia por Pisa e Lucca na Itália

Nesse texto você vai conferir nosso roteiro por Pisa, a cidade de Galileu e Lucca, a cidade das Cem Igrejas. Um bate-volta partindo de florença.

Estamos fazendo uma série de textos e vídeos sobre nosso roteiro pela Itália. Já liberamos o roteiro de Roma, (confira o vídeo aqui e o texto aqui) e Florença (confira o vídeo aqui e o texto aqui)

Na nossa viagem pela Toscana decidimos conhecer em um único dia Pisa e Lucca. São cidades pequenas, mas nem por isso menos encantadoras. A nossa base é Florença e de trem da capital até pisa, são 1h15 de viagem.

Os trens da Trenitália saem de hora em hora da Estação Santa Maria Novella e o bilhete com hora marcada custa em torno de 8 euros comprando antecipadamente pelo site. Nós deixaremos para comprar lá, porque como é trem regional não tem necessidade de comprar com antecedência, já que não tem cadeiras marcadas e nem a possibilidade de lotar o trem.

PISA

Existem duas estações em pisa: a San Rossore, mais próxima a Torre de Pisa e a estação Pisa Centrale. Optamos pela Pisa Centrale, porque descendo lá, já conheceremos o centro da cidade até chegar na Torre de Pisa e depois utilizaremos a San Rossore, mais próxima, para seguir viagem até Lucca.

Vamos subir pela Corso Italia, a principal rua comercial de Pisa, super movimentada, repleta de restaurantes e lojas. Chegaremos na Piazza Dei Cavalieri, onde tem o Palazzo Della Carovana, construção do século XVI e antigo quartel da Ordem dos Cavaleiros de Santo Estevão, e o Palazzo Dell’Orologio, que foi citado na Divina Comédia de Dante Alighieri.

Em seguida, partiremos para conhecer a famosa Piazza Dei Miracole, onde estão a Torre de Pisa, o Duomo, o Camposanto e o Batistério, principais e mais visitadas construções da cidade.

Além de tirar aquela foto suuuper criativa lá embaixo, se você quiser subir na Torre, o ingresso fura fila custa 24 euros, é com hora marcada e o link para compra vou deixar AQUI

Esse ingresso também dá direito a entrar na Catedral sem fila. Mas se você quiser entrar apenas na Catedral, não precisa pagar nada, você apenas terá que retirar o passe gratuito na bilheteria da igreja.

Esse será nosso passeio por Pisa. Claro, que no vlog, mostraremos tudo em detalhes para vocês, inclusive as descobertas e surpresas que sempre aparecem em cada viagem.

Depois disso pegaremos um trem da Estação San Rossore até Lucca.

LUCCA

O trem regional sai de meia em meia hora e o ingresso custa cerca de 4 euros. A viagem direta até Lucca demora uns 30 minutinhos.

Chegaremos em Lucca no início da tarde e o primeiro local que veremos será a Muralha de mais de 400 anos que circunda toda a cidade. entraremos pela porta de san pietro./ dos seis acessos, a porta de sao pedro é a mais impressionante e elaborada e é também a mais próxima da estação de trem da cidade.

O apelido de Lucca é a cidade das cem igrejas, de tantas construções religiosas que existem por lá. Então, é claro, veremos muitas igrejas, a começar pelo Duomo Di San Martino, ou a Catedral de Lucca, que tem guardado lá dentro um crucifixo de madeira com a imagem de Cristo, que teria sido esculpido por um dos primeiros seguidores de Jesus.

Caminhando um pouco mais, chegaremos a Chiesa Di San Giovanni e Reparata, construída no século IV como uma Catedral de Lucca.

Outra igreja que vamos conhecer será a San Michelle in Foro, uma enorme basílica construída sobre um Fórum Romano, bem no centro de Lucca. No alto, a escultura de São Miguel derrotando um dragão.

Dali vamos subir a Via Fillungo, a rua mais movimentada de Lucca, repleta de bares, cafés e lojinhas e vamos até a Piazza Della Anfiteatro, que como o nome já diz, era um anfiteatro tipo o Coliseu, só que claro, bem menor.

E para finalizar nosso roteiro em Lucca, subiremos na Torre Guinigi, de onde se tem a vista mais incrível da cidade. É a única torre da época renascentista que ainda resisti em Lucca. Lá em cima tem um jardim. É muito lindo mesmo. O ingresso custa 4 euros e você pode comprar no local.

Esse é o nosso roteiro de um dia para Pisa e Lucca, mas existe também um opção de tour guiado para essas duas cidades, saindo de Florença. Custa 58 euros. A companhia te pega no hotel, você não se preocupa com o transporte, nem roteiro e ainda vai recebendo muitas explicações pelo caminho. Clique aqui para comprar o passeio. 

Lembrando que ainda vamos conhecer mais um pouco da Toscana com direito a Siena e muitos vinhedos, inclusive Montalcino e depois seguiremos para Milão, Verona e Veneza. Os roteiros, claro, vamos dividir com vocês atendendo aos muitos pedidos sempre.

Para conferir o vídeo do roteiro de Pisa e Lucca, com imagens dos locais que visitaremos, é só clicar aqui.

Aliás, se tiver alguma dica da Itália, escreva aqui embaixo, vamos adorar saber, com a chance de incluir no roteiro aquelas mensagens que vierem antes de 10 de Agosto de 2018.

Um beijão e até o próximo roteiro, que será sobre Siena, Montalcino e várias outras regiões lindas da Toscana.

Roteiro para Sydney em um dia

Sydney é a cidade mais populosa da Austrália com mais de 5 milhões de habitantes. Muito úmida e extremamente quente no verão, prepare-se para suar com temperaturas por volta dos 30 graus. Nesse roteiro de um dia você fará uma longa caminhada, mas conhecerá muitos pontos lindos de Sydney. Veja o roteiro! Continuar lendo Roteiro para Sydney em um dia

Paris com Arco do Triunfo e Rio Sena

Véspera de Natal com direito a Arco do Triunfo, Champs-Elysées, muitas voltas por Paris e um jantar no Bateaux Parisiens pelo Rio Sena. Que delícia de programa, com muita diversão, história e vlogs de tudo. Essa viagem pela Europa tá demais. Vem ver!

Continuar lendo Paris com Arco do Triunfo e Rio Sena